Home > Tecnologia > Segurança > Quando o teclado substitui o detonador
Resenhas
Cartas
Busca no site
Entre em contato
Home
Segurança
Quando o teclado substitui o detonador
Dr. George Felipe de Lima Dantas *
(11/11/2002)

      Os frutos da tecnologia do conhecimento, de maneira ainda lenta mas inexorável, poderão substituir os efeitos de produtos oriundos da secular tecnologia da pólvora. Para destruir arquivos em áreas fortificadas, "bombas lógicas" invisíveis, construídas de partículas eletrônicas imateriais (bits & bytes), podem ser tremendamente mais rápidas e efetivas do que artefatos explosivos de vários quilogramas da tradicional dinamite [trinitrotolueno (TNT)].

      Algum tempo atrás, foi noticiado pela mídia que o sítio ("site") do Ministério da Justiça (MJ) fora "atacado" por "hackers". Como de costume, eles deixaram sua "assinatura exibicionista", num rastro de desordem, debochando, como sempre, de tudo que possa existir de mais sério... O nosso MJ não está sozinho, muito pelo contrário, está em ótima companhia, já que o próprio Federal Bureau of Investigation (FBI) norte-americano, super protegido por múltiplas seguranças virtuais, também já foi vítima do mesmo tipo de trote. Num outro episódio da última década, pacientes de um hospital estrangeiro ficaram sem poder receber suas medicações, já que todos os arquivos eletrônicos da enfermagem foram virtualmente "apagados". Imagine o leitor o quanto não existe de possibilidades para o mal, nessa nova "caixa de pandora" que a mitologia do terceiro milênio disponibiliza para terroristas virtuais.

      É importante que as autoridades brasileiras da área de segurança estejam bem atentas para esse novo ambiente, mormente quando o Brasil se prepara para combater o fenômeno da criminalidade com "armas digitais". É conhecido o esforço que o Ministério da Justiça vem desenvolvendo, desde 1995, no sentido de constituir modernos sistemas de informação sobre segurança pública, incluindo neles registros de indivíduos procurados, cargas furtadas, veículos roubados, etc... Além de possuir sólida engenharia de sistemas, tais mecanismos de controle da criminalidade deverão ser objeto de trabalho de profissionais capazes, não só de construi-los, mas também de segurá-los contra os modernos terroristas era virtual.


      * O Dr. George Felipe de Lima Dantas é especialista em segurança pública


O significado do @ - das ânforas florentinas à era digital

Imitando a natureza - NASA inaugura nova era de conquistas na aviação

Janela futurista regula incidência de luminosidade nos ambientes

Boeing entrega seu milésimo 757
A inteligência policial na prevenção e na repressão ao crime

Quando o teclado substitui o detonador

A assinatura da pele

Aplicações da Tecnologia de Redes à Segurança Pública

A gestão científica da Segurança Pública: Estatísticas Criminais

> Outros artigos sobre Segurança
Entre em Contato   |   Sobre VivaCiencia   |   Política de Privacidade

© 2019 Claudio Malagrino - Direitos reservados

www.malagrino.com.br